Inscrições de

01.03 a 15.04

Acompanhe seu projeto

Em seu quarto ano, o Fundo Social é uma iniciativa aprovada pelos nossos associados para contribuirmos com a sociedade e fortalecermos o papel transformador da Sicredi Serrana. 

Nós acreditamos que atitudes simples, feitas com amor e protagonismo, fazem do mundo um lugar melhor para se viver. Por isso, os recursos do Fundo Social devem ser utilizados em prol de todos que fazem parte da sua entidade.

imagem-resultados

CONFIRA OS RESULTADOS
DO FUNDO SOCIAL 2020

2%

do resultado
da Cooperativa do ano 2020

R$ 1.151.493,70

destinados para a área de saúde

31

entidades atendidas

10

municípios

Veja o histórico completo de

2018 2019

ENVIE A SUA MENSAGEM

Neste espaço você pode esclarecer suas dúvidas.
Fique à vontade para falar com a gente neste canal prático e fácil.
Escolha uma opção abaixo:

PERGUNTAS FREQUENTES

O Fundo Social é um programa social da Sicredi Serrana criado para incentivar e apoiar projetos desenvolvidos, na área de educação e cultura, por entidades sem fins lucrativos na região de atuação da cooperativa.

O Fundo Social tem o objetivo de apoiar ações com foco na educação e na cultura, contribuindo para o desenvolvimento social das comunidades e cumprindo com o 7º princípio do cooperativismo: “Interesse pela Comunidade”.

É importante ter claro todos os requisitos do regulamento e preencher as informações no site por completo, pois os projetos que não estiverem enquadrados nas regras ou estiverem com informações incompletas serão desclassificados.

Podem inscrever projetos as Pessoas Jurídicas sem fins lucrativos com mais de um ano de constituição, que sejam associadas à Sicredi Serrana, que estejam adimplentes com a Cooperativa e com o cadastro atualizado, além de serem entidades idôneas e reconhecidas pela comunidade.

Podem ser cadastrados projetos que tenham objetivo educacional ou cultural. É importante deixar bem claro no cadastro quais são os benefícios gerados pelo projeto, seja ele educacional ou cultural.

São ações voltadas para melhoria de processos educativos e de formação humana, em seus diferentes níveis e contextos.

São atividades que visam garantir o acesso e ampliar as práticas culturais da população, incentivando a produção e difusão cultural e artística, desenvolvendo a consciência e o respeito à cultura do povos e das nações.

A inscrição de projetos é realizada através do site da Sicredi Serrana: www.sicrediserranars.com.br/fundosocial

• Etapa 1: Inscrição do projeto no site da Cooperativa.
• Etapa 2: Análise e classificação preliminar dos projetos, verificando enquadramento com as normas previstas no Regulamento.
• Etapa 3: Seleção dos projetos pelos Coordenadores de Núcleo e gerentes das agências.
• Etapa 4: Resultado e divulgação dos projetos contemplados.
• Etapa 5: Repasse dos valores para as entidades mediante envio do termo de compromisso assinado.
• Etapa 6: Realização do projeto e prestação de contas.

A partir do momento que o valor correspondente ao projeto for creditado na conta corrente da entidade, ela está apta a iniciar a execução do projeto. O prazo final é 30/10/2021.

Na descrição do projeto deve ser informado o que será feito, qual é o objetivo do projeto, quais serão os benefícios gerados e onde será investido o recurso.

Os projetos devem ser executados na área de atuação da Sicredi Serrana.

Sim, dois orçamentos, sendo que deverá ser considerado o orçamento de menor valor.

O recurso será creditado em conta corrente após o envio do termo de compromisso que deverá ser anexado no próprio projeto. O termo deverá ser assinado pelos representantes legais da conta corrente.

Conforme consta no regulamento, a instituição deverá ter no mínimo um ano de constituição com CNPJ registrado.

Conforme consta no regulamento, os projetos deverão ser inscritos por Pessoas Jurídicas sem fins lucrativos. Pessoas físicas não poderão cadastrar projetos.

Não, trata-se apenas do cadastro de um projeto que será analisado para verificar se atende todos os critérios que estão no regulamento. Se for classificado, o projeto ainda passará pela etapa da seleção, na qual os Coordenadores de Núcleo votarão e definirão quais projetos são mais relevantes e que terão prioridade.

O valor máximo é R$8.000,00 (oito mil reais) por entidade (CNPJ). É importante que os projetos sejam para fins específicos e que atendam a real necessidade da entidade.

O valor mínimo é de R$ 1.000,00 (um mil reais) por projeto.

A devolutiva dos projetos desclassificados será feita por e-mail durante o mês de julho.

Cada entidade poderá cadastrar apenas um projeto, por isso é importante que seja um projeto bem elaborado.

Sim, precisa ter conta corrente no Sicredi para cadastrar um projeto.

Inscrições: 01/03/2021 até 15/04/2021

Classificação: até 31/05/2021

Seleção: até 30/06/2021

Comunicação dos projetos contemplados: durante o mês de julho/2021

Execução: agosto a outubro/2021

Visitas: agosto a novembro/2021

Prestação de contas: data limite 31/10/2021

Eventos regionais de fechamento: durante o mês de novembro/2021