Seja bem-vindo ao site da Sicredi Serrana

Seja bem-vindo ao site da Sicredi Serrana

Vale a pena investir em renda fixa com a Selic em alta?

10 de Maio de 2022

Vale a pena investir em renda fixa com a Selic em alta?

min de leitura

Nos últimos quatro anos, enfrentamos um cenário de dúvidas. Na cabeça do investidor, que tinha como base rendimentos nos patamares de 1% a.m., sem correr grandes riscos, a pergunta recorrente de quando este cenário retornaria. 

De fato, esse talvez seja o momento em que o investidor, seja ele iniciante ou alguém com maior experiência, volte a enxergar com bons olhos a Renda Fixa. Isso, porque desde março de 2022, quando o COPOM definiu a nova Selic a 11,75% a.a., o cenário de juros acima de 2 dígitos voltou a fazer parte da vida dos brasileiros e, pelo que se projeta para todo ano e meados de 2023, os tão sonhados 1% a.m. tornam-se novamente de fácil acesso. Atualmente, a Selic está em 12,75%.

É preciso considerar que o aumento veio por conta da inflação mais elevada de 2021. Em cenários de Selic alta, o rendimento real (diferença entre Selic e Inflação) deve ser analisado. A ferramenta utilizada hoje pelos bancos centrais, incluindo o brasileiro, é direcionar a inflação para o caminho desejado (meta) através do aumento/diminuição da taxa de juros.

A Renda Fixa, classe de investimentos mais conhecida no Brasil, é muito utilizada como forma de manter/formar reservas de emergência e ainda é uma ótima alternativa para o investidor que deseja acompanhar indicadores como CDI e IPCA, através de investimentos pós-fixados como Poupança/CDBs/LCA/LCI, e para aquele que deseja saber o quanto ganhará ao final de um determinado período, através de investimentos como CDBs/LCAs Prefixados.

Tais investimentos são encontrados hoje em diferentes plataformas, sendo que no Sicredi você pode ter acesso a essas classes de ativos através de nosso Sicredinvest (pós e prefixados), LCA (pós-fixadas) e Fundos de Investimentos de Renda Fixa (como os fundos Sicredi CDI+ e Sicredi Crédito Privado) e Multimercado (como os fundos Schroders Multi Classes e Sulamerica Multi Classes).  

Vale ressaltar que, hoje nas Instituições Financeiras (Bancos, Cooperativas e Corretoras), o indexador mais conhecido e utilizado é o CDI/DI, que busca sempre acompanhar a Taxa de Juros Selic.

Um ótimo atrativo de nossos produtos é o baixo valor de entrada que partem de R$ 50,00 (Sicredinvest) e R$ 100,00 para os fundos de investimento (Sicredi Crédito Privado). A dica é conferir um pouco mais em nossa home de investimentos (Investimentos (sicredi.com.br)).

Portanto, o investimento que mais valerá a pena é aquele que faça sentido aos seus objetivos e momento de vida, independentemente do cenário econômico.

Muitos investidores buscam aumentar seu patrimônio, outros procuram proteger. A dica aqui é montar uma reserva de emergência e após diversificar sua carteira de investimentos, inclusive se for apenas renda fixa. 

Antes de investir em renda fixa, fundos de investimentos, renda variável, criptomoedas ou qualquer outra classe de ativos, considere traçar os seus objetivos de curto, médio e longo prazo. Avalie também o seu apetite, as oscilações de cada classe de ativos e procure por investimentos que atendam às suas expectativas e necessidades.
 

Busca

Destaques